Nordeste de Portugal organiza evento Smart Travel 2014


São esperados os maiores especialistas e estrategas mundiais na área do Turismo, Tecnologia e Desenvolvimento Territorial para esta Conferência que decorre de 4 a 7 de dezembro.

Durante quatro dias, de 4 a 7 de dezembro, o nordeste de Portugal vai ser palco de um evento internacional inédito no país: o Smart Travel 2014, um congresso que pretende trazer ao território alguns dos maiores especialistas mundiais na área do Turismo, Tecnologia e Inovação.

Partilhar conhecimentos, experiências e soluções inteligentes a uma escala mundial é a grande ambição desta iniciativa, que se desenvolve a partir de um território de baixa densidade mas com um enorme potencial turístico, com soluções inteligentes instaladas, criadas por iniciativa local, de baixo para cima, que são um meritório exemplo de conceitos universalmente aceites: empreendedorismo, inovação, audácia.

O território quer mostrar o que tem e o que vale mas quer, essencialmente, aprender mais.

Os oradores convidados, especialistas, investigadores e estrategas nacionais e estrangeiros de primeira linha, vão partilhar experiências, estudos, investigações e conhecimentos com o intuito de orientar os participantes para o sucesso, na administração, n negócio, no networking comercial, na gestão de produtos e destinos de forma inteligente.

Debaixo do conceito Smart Travel, este evento pretende também ser um ponto de encontro para destinos inteligentes e seus associados, autarcas, administradores, cidades, hotéis e alojamentos, animadores turísticos, restaurantes, alunos dos cursos de turismo e empresas de inovação e tecnologia que no dia-a-dia são confrontadas com a necessidade de apresentar soluções diferenciadoras, capazes de tornar o território e os seus intervenientes mais competitivos e sustentáveis.

O evento vai decorrer durante quatro dias um pouco por todo o território. Nos dias 4 e 5, realiza-se o congresso propriamente dito, nas cidades de Bragança e Mirandela, respetivamente, nos dias 6 e 7, os participantes, a imprensa nacional e estrangeira e os operadores turísticos convidados, vão ter a oportunidade de realizar experiências temáticas, por todo o território, para verdadeiramente perceberem o potencial turístico e a capacitação tecnológica, instaladas em todo o Nordeste de Portugal.

A par de tudo isto, este congresso pode servir de oportunidade para os agentes locais adquirirem conhecimentos e se dotarem de ferramentas para poderem encarar com maior eficácia e os desafios que se aproximam com o novo quadro comunitário de apoio.

Na organização deste congresso estão dois Grupos de Ação Territorial (GAL), a Corane – Associação de Desenvolvimento dos Concelhos da Raia Nordestina, e a Desteque – Associação de Desenvolvimento da Terra Quente, que em conjunto candidataram este projeto ao ON. 2 – O Novo Norte.