Juventude católica fomenta parcerias para promover turisticamente a região


Por iniciativa do Secretariado Diocesano da Pastoral Juvenil e Vocacional da Diocese de Bragança-Miranda (SDPJV), várias entidades ligadas ao Turismo uniram-se para promover a região, em todas as suas vertentes, na Feira da Caça e do Turismo, que decorre até ao dia 2 de fevereiro em Macedo de Cavaleiros.

Assim, ao Convento de Balsamão, espaço de retiro espiritual e local de promoção cultural, com stand próprio naquele certame, juntaram-se a Pastoral do Turismo e a Comissão de Arte Sacra e Bens Culturais da Igreja (qua ali vai promover todo o património religioso da diocese de Bragança – Miranda), o projeto Try Nordestin’ (um projeto desenvolvido pela Corane, que pretende promover de forma integral e organizada todo o território do nordeste transmontano), e o Grupo de Jovens MIC que conjuntamente com o SDPJV se responsabilizam pela animação permanente do espaço.

O projeto Try Nordestin’ levou para a feira a carrinha pão-de-forma, devidamente decorada, que faz promoção ao território, bem como diverso material promocional.

A ideia é simples, todas estas entidades estão empenhadas na promoção turística e cultural do território em todas as suas vertentes. As organizações ligadas à Igreja, como é óbvio, privilegiam a divulgação do vastíssimo e riquíssimo património religioso da diocese, no entanto, existe a firme convicção de que a promoção de todo o sector turístico e cultural é uma necessidade para a região e um caminho para conseguir o tão esperado desenvolvimento e atração de visitantes, que dinamizem a economia e contribuam para a fixação de pessoas no território.

Esta parceria assume especial relevo pela iniciativa ter partido dos jovens, que revelam uma visão sólida da necessidade de unir esforços, trabalhar em conjunto, ganhar escala e dimensão para alcançar melhores resultados.

Sem espaço para protagonismos individuais, cada uma das entidades compromete-se a dar o seu melhor, para transmitir uma imagem positiva e rica da região, seja na vertente religiosa, seja na restauração e alojamento, ou noutro sector qualquer.

Serão os jovens, munidos deste espírito positivo, os principais responsáveis pela transmissão da mensagem.